quarta-feira, 6 de agosto de 2008

Poesia Twist, por Rodrigo Oliveira

Este Corona, na sexta-feira, está imperdível! Mas não vim aqui pra falar disso, porque disso falaremos na sexta-feira à noite. Vim falar do texto do Rodrigo Oliveira, que apareceu no seu blog ontem, em que critica a escrita de Falações.

Penso que, se há uma maneira de haver crítica literária, é começando aqui, na internet. Depois, quem sabe, ela alcança outros espaços "mais oficiais", pois sim? Não vou pôr o texto todo aqui, mas convido-os a ler e a comentar lá no blog do Rodrigo. E, claro, convido-os a navegar por aquele espaço que é de literatura, de crítica literária, academicista e mais, claro, que tem gente que não se contenta com pouco.

Grande abraço.

Um comentário:

Ali Assumpção - Liquidificador disse...

hmmm...então tá explicado! deve ser por isso q estou adorando o livro (tô lendo em doses homeopáticas)
adoro chupar limão com sal, adoro tomar vinagre no fundo do prato, adoro aqle chicletes do abobrão q sai lágrimas...

hmm, labes...

falando sério: poesia de primeira, que move, que mexe (se não move e não mexe não é arte!) , livre dos jargões meleco-poéticos, estou amando!

e muito boa tbm a critica do rodrigo - é isto rodrigo, precisamos SIM de crítica, queremos, sim, ler sobre, debater com outras cabeças, discutir!...

beijos