segunda-feira, 4 de agosto de 2008

Entrevista com o poeta Douglas Zunino

O Sarau Eletrônico publicou entrevista com o poeta Douglas Zunino. Em seu depoimento, Zunino fala da sua história de vida, lembra a fase dos "poetas independentes" e reflete sobre a produção artística e literária em Blumenau.

O endereço do Sarau Eletrônico é: www.bc.furb.br/saraueletronico





No site é possível ler também as entrevistas anteriores, realizadas com o escritor Maicon Tenfen, o antropólogo Sálvio Müller, a historiadora Méri Frotscher e o escritor e crítico litertário José Endoença Martins.

6 comentários:

Ali Assumpção - Liquidificador disse...

que legal, vou entrar lá e ler!
o sarau é uma iniciativa muito bacana, vala a pena acessar! parabéns, viegas!
beijos da ali

Taninha disse...

O Sarau, Viegas, é ótimo, mas como integrante da Assoc. dos Poetas Independentes, gostaria de esclarecer q Zunino ajudou a fundar, mas a assoc. só foi pra frente por causa de nós, q a mantivemos. Ele saiu logo no começo depois de vários canos em botecos: bebia e se mandava deixando a conta pra turma pagar!!!

Viegas Fernandes da Costa disse...

Sim Tânia, mas o próprio Zunino afirma isto na entrevista. Ele confirma que teve a idéia e participou da fundação, mas que logo ficou desgostoso e abandonou o projeto.
Vale a pena ler e, se for um caso, escrever um texto esclarecendo aspectos que a entrevista não abordou. Assim, estaremos contribuindo com o debate e produzindo documentos para a reflexão histórica.
Abração,
Viegas

Ali Assumpção - Liquidificador disse...

muito bom saber um pouco mais sobre este personagem q sempre me cruza o caminho e, de lambuja, sobre épocas e histórias do meio da literatura e da arte em blumenau, q não pude testemunhar.

Adorei a entrevista com o zunino, viegas! adorei a polêmica trazida pela taninha tbem - com certeza estas histórias tem mil faces q merecem ser contadas e ouvidas e lidas...

gracias aos 3!

Taninha disse...

Sim, pretendo escrever sobre a Associação. Não me interpretem mal, aprecio o trabalho do Douglas, sempre o apoiei em sua caminhada, inclusive, enquanto repórter de cultura/lazer do Santa, fazia o que podia pra divulgar a obra dele.
Mas há coisas q são ditas da boca pra fora, um dia a história contará detalhes... hehe! Abração em todos!

Viegas Fernandes da Costa disse...

Sabe Taninha, conheci o Douglas por teu intermédio (rs...).
Lembras da reportagem "O Carteiro Poeta"?
Bons tempos de jornalismo cultural qdo estavas por lá.
Quanto ao teu texto, acho que vale a pena escrever sim. O Sarau Eletrônico já entra na fila para publicá-lo.
Abraçalhão,
Viegas
Ps>: Aline, valeu a força. Que legal que a entrevista conseguiu trazer contribuições. Os próximos são o Godofredo de Oliveira Neto e Salim Miguel.