quinta-feira, 21 de agosto de 2008

ESCAMBAUS

Poxa, vim com a língua fervendo de veneno para falar do Painel de ontem com os candidatos a prefeito. Afinal, fiquei muito decepcionado. Demonstrado, por descuido da história e de assessores, que nossos governantes não aprendem nunca. Que parece que todos estudaram em escolas de São Paulo com o método da Progressão Continuada.

Poxa, pleno século XXI e ainda querem vender a cidade como Disneylândia? Não ouvi nenhuma vez “Gestão Cultural” ou “Política Cultural”. E pior, em pleno século XXI os candidatos ainda falam em levar isso aquilo e cachimbo para as comunidades. O que? Ainda não levaram? Bando de incompetentes.

/alias, o “varal” me deu tesão. pensei fetiches sado...uuu/

Parabéns ao Conselho pela iniciativa. Porém faltou interação. Acho que deveria ter acontecido desde o início. Foi uma pena. Queria muito ter me manifestado, assim como muitos daqui. Quem é sério, mas ainda enxerga o carneiro dentro da caixa e não for assessor dos “homi” saiu com maçãs na garganta.

ALI et al. Sinto “borbulhas de amor” ao escrever aqui. Num momento divã, sempre quis expor minhas idéias, acho isso importante demais, mas nunca deu certo. Nossa, aqui, amo todos! Leio e sou lido. Informo, me informo e me formo. Lindo lindo isso aqui.

Por muito escambau!

3 comentários:

Clara Mendes disse...

Apesar de não ter ido no Painel, por estar resolvendo muitas pendengas que não poderiam ser resolvidas depois, fiquei sabendo do fiasco(!) e não pude deixar de achar engraçadas as bizarrices dos nossos candidatos. (Aqui, um riso meio chorado).
E eu tinha postado: "Mesmo pra quem vota nulo, não custa dar uma passadinha e ver se os candidatos sabem do que estão falando". Pelo jeito, não sabem.
E agora? Quem poderá nos ajudar?

"Borbulhas de amor" me lembra Wando. Wando lembra minha infância. Também estou borbulhando. Ploc.

Ali Assumpção - Liquidificador disse...

é o troço não foi fácil! e já que vc lançou o divã, trucidei meus pudores e soltei o grito!
escambemos nós!

Anônimo disse...

Caras. Nesse mato sem cachorro vou em quem saiu-se melhor. Dei um crédito ao Kleinubing.Cachorro em queda de caminhão de mudança era pouco pros outros...
Até.