quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

Quem cala.com sente!

Na primeira noite, eles se aproximam
e colhem uma flor de nosso jardim.
E não dizemos nada.
Na segunda noite, já não se escondem,
pisam as flores, matam nosso cão.
E não dizemos nada.
Até que um dia, o mais frágil deles, entra
sozinho em nossa casa, rouba-nos a lua,
e, conhecendo nosso medo,
arranca-nos a voz da garganta.
E porque não dissemos nada,
já não podemos dizer nada.


Maiakovski

3 comentários:

Ali Assumpção - Liquidificador disse...

O UM ESCAMBAU adverte:

"Qualquer semelhança com fatos reais NÃO é mera coincidência."

charles disse...

Na primeira noite eles inventam o Cartão SIGA (Sócios Inteligentes Ganhando Altas)
Na segunda noite, anunciam o preço da passagem de ônibus para míseros R$ 2,30...

Viegas Fernandes da Costa disse...

Na terceira noite anunciam galpões para enfiar o gado.

Na quarta, o secretariado...