domingo, 13 de julho de 2008

“Outdoor: Arte fora das portas”

A publicidade tornou-se um dos espaços centrais na comunicação dentro das cidades. Com isso, as ruas foram sendo tomadas por imagens e textos, sobretudo, os que remetem a um estímulo de consumo. A partir desta reflexão, o projeto pretende subverter o uso deste suporte essencialmente publicitário para uma proposta estética conceitual.

5 comentários:

Ali Assumpção - Liquidificador disse...

é mesmo muito bacana esta proposta da daiana schvartz.
Quem viu? o que achou?
esteve 'em cartaz'(literalmente) durante 15 dias, em blumenau, eram 3 outdoors pela cidade. Mais em: http://www.folhadeblumenau.com.br/novosite/noticia.php?noticia=3771&url=noticia.php?noticia=3771

Dai, posso brincar de entrevista:

Como a obra foi recebida pelo público em geral?
E pelo meio artístico?

Ali Assumpção - Liquidificador disse...

ops: posso brincar de entrevista?

Labes disse...

Vi somente (mas várias vezes)o outdoor da Martin Luther. Gostei do estranhamento - não tinha ali uma modelo, um sapato, um carro - e gostava de sempre rever, sempre sentir o estranhamento. Mas uma coisa me incomodava: será que essa sensação de acompanhar algo adverso se espalhava dentro o meu ônibus? Será que reparavam? Quem viu, sentiu. Quem não viu, é porque era cego.

maindra disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
maindra disse...

a daia pode fazer em tamanhos menores e vender para os amigos :)